quinta-feira, 6 de janeiro de 2011

imiscível














1

no fundo
da nossa inesperada
amizade

há um precipitado
da mistura
excessiva

:

o soluto
abusivo

dessa química
atração.

2

você finge
que não (!)

que não houve
solução

:

que nada foi
químico.

que foi apenas
o tempo.

que tudo tende
ao fim

quando (enfim) o tempo
finda.

3

finda.
mas goteja ainda

o exudato
de lágrimas

e ácidas palavras
não diluídas

no amargo
da dúvida.

5 comentários:

Albuq disse...

amizade, atração, química, dúvida, fingimento... quantas sensações misturadas! adorei

Wilson Torres Nanini disse...

Sidnei,

muito bom como vc expressou esses sentimentos que sempre ficam sufocados, cheios de coisas por dizer.

Abraços!

João Luis Calliari Poesias disse...

Sidnei: Obrigado, parceiro.Parabéns

Henrique Pimenta disse...

amor
é - dizem -
alquimia

Tomaz disse...

Farsa, lágrimas e dúvida.. Eis o clima que o poema transmite, muito bom !!

Abraço