quinta-feira, 9 de setembro de 2010

vida de cachorro

desenho de carcarah

quando vim ontem pela rua vi um cachorro morto. fiquei olhando para ele imaginando como teria sido a sua vida de cachorro. então lembrei da minha vida e vi que não era muito diferente. me vi morta com a cabeça no passeio e o resto do corpo na rua . imaginei um cachorro me cheirando com o focinho frio e o bafo quente. vi que ele saiu correndo, como quem corre do diabo.

16 comentários:

Albuq disse...

Fabuloso Adriana, fiquei imaginando como é interessante se colocar no lugar do outro e sentir a sensação. bjs

Francisco de Sousa Vieira Filho disse...

Belíssimo!

Coincidência, o post de ontem do Aluísio Martins também abordou a vida de cão...

http://hadoisblogsnaotevejo.blogspot.com/2010/09/inumano-lugar-mais-plausivel.html

Victor Meira disse...

Belo conto-trecho, Dri, muito simpático.

Animal o desenho também - quem que é o Carcarah?

Bêjo!

Mirze Souza disse...

Lindo, DRI!

Exata é a atitude do cão diante de alguém ou mesmo um outro animal morto. Eles cheiram e correm mesmo.

Acho que vou fazer isto. Cães são sábios.

Uma beleza essa prosa.

Beijos

Mirze

Renata de Aragão Lopes disse...

Surpreendente, Dri!

Do gato ao cão.
Tens andado
com as patas
no chão...

Um beijo,
Doce de Lira

José Carlos Brandão disse...

Bravos.
Sabe que já tratei muito desse tema? Talvez tenhamos um pouco de alma de cachorro.
Beijos.

L. Rafael Nolli disse...

Adriana, com seu texto certeiro e a melhor imagem, sempre caindo como uma luva. E que epifania!
Abraços!

Adriana Karnal disse...

em muitos momentos a linha entre os homens e os animais não se distingue...essa prosa faz pensar.

tenório disse...

Narrativa primorosa!

BAR DO BARDO disse...

Escreves muito bem.
Grato.

Devir disse...

A Mirze disse tudo.

tonhOliveira disse...



CÃOdoído fiquei!

Auuuuuuuuuuuuuuuuuu!

Adriana Godoy disse...

A todos vocês, obrigada pelos comentários. Valeu mesmo! beijo

TON disse...

Compaixão e equanimidade.

Belo!

Francisco Coimbra disse...

Aqui este cachorro fica cheirando... desta vez deixa para bem se expressar: Parabéns!

Barone disse...

Muito bom!