quarta-feira, 4 de agosto de 2010

Traumas de infância

sorvete que cai
balão que sobe
vitamina mista
meia de presente

gripe no passeio
professora feia
regular na redação
medalha
de participação

o primeiro sim
o primeiro não

a infância é boa
mas só quando
termina.

9 comentários:

Lara Amaral disse...

Exatamente! Muito bom poema.

Aleatoriamente disse...

Então vamos colorir a trilha para dar um toque especial ao adulto.
Clic esperado na fotografia & um poema belo aos olhos.

Belo poema poeta.

Fernanda!

L. Rafael Nolli disse...

Taí minha infância, Tião!

Adriana Godoy disse...

ÉR isso, Tião...muito bom! Beijo

Lírica disse...

Adorei a poesia, mas acho que a infância piora depois que termina!

TON disse...

Gostei, Tião!

O ruim não é quando a infância acaba, visto temporal que é. O lamentável é quando a criança vai embora e o adulto se instala.

Victor Meira disse...

Lindo, haha, adorei, Tião!

Tenório disse...

Belo poema, Tião!

Tião Martins disse...

Amigos, os poetas são amigos da infância. E como dizia a musiquinha da Buzina do Chacrinha... ela só acaba quando termina.

Acho que a nossa não terminou... ahahaha!