quarta-feira, 3 de fevereiro de 2010

Aviso (poema de Sylvia Beirute)
























AVISO

se tiver sintomas de poema, aguente,
não resgate o orgulho, guarde, quando falar
com os outros, uma distância
de, pelo menos, um metro,
fique em casa, não vá trabalhar, esqueça
rotinas graves, monólogos de rupturas,
a periferia de uma lição integral de intimidade,
não consulte o oráculo, des-
frequente-se a si mesmo, não vá à escola, evite
locais muito populosos e com densidades intrínsecas,
evite cumprimentar com abraços,
beijos, apertos de mão.
se tiver sintomas de poema, apenas informe
o silêncio, que ele saberá o que fazer:
esperará que o poema levante a cabeça
e o decapitará. sem uma palavra.

inédito

11 comentários:

tenorio disse...

sensacional.

Ozias disse...

sylvia beirute é uma das melhores poetas de portugal. legal ter aqui o seu contributo.

Jose Ramon Santana Vazquez disse...

...traigo
sangre
de
la
tarde
herida
en
la
mano
y
una
vela
de
mi
corazón
para
invitarte
y
darte
este
alma
que
viene
para
compartir
contigo
tu
bello
blog
con
un
ramillete
de
oro
y
claveles
dentro...


desde mis
HORAS ROTAS
Y AULA DE PAZ


TE SIGO TU BLOG




CON saludos de la luna al
reflejarse en el mar de la
poesía...


AFECTUOSAMENTE


OS DESEO FELIZ AÑO NUEVO 2010 Y ESPERO SEA DE VUESTRO AGRADO EL POST POETIZADO DE CABALLO, LA CONQUISTA DE AMERICA CRISOL Y EL DE CREPUSCULO.

José
ramón...

.Leonardo B. disse...

[como as margens, que amuralham o rio na sua pressa de mar, as palavras permanecem, serenas, abruptas, permanentes]

um imenso abraço, Sylvia

Leonardo B.

Hercília Fernandes disse...

Também amei seu poema-aviso, Sylvia.
Muito bom!

Beijos,
H.F.

Benny Franklin disse...

Muito bom!

Domingos da Mota disse...

depois de ler este Aviso, aqui me fico a uma distãncia de muitos, muitos quilómetros, com um (des)beijo, um (des)abraço, e um (des)aperto de mão, mas cumprimentando a poeta pela beleza do poema, e antes que o silêncio cumpra o seu ofício.

Barone disse...

Gostei. Este diálogo com o ofício de poetar é sempre um tema que me interessa.

Cíntia Thomé, Jornalista, Escritora e Poeta . - disse...

Parabens Sylvia. Muito bom.
ab

Joe_Brazuca disse...

esétacular !

estamos todos doentes, então...

Ana Limund disse...

Meu Deus, que poema mais lindo, estou encantada!