segunda-feira, 3 de agosto de 2009

A Ciência de Devanear

Nossa mente foi criada para devanear.
Todos os outros trabalhos são inúteis sobrecargas.
Devaneie e verá sua mente em estado natural.
É o mais próximo de voar que temos à nossa disposição.

Volto para qualquer Pasárgada,
Com infinito carinho e nenhuma bagagem.
Ignorando que todas as estradas levariam à Damasco.

Dispenso pastores da noite, gárgulas e profetas.
Como vigias,
Confio nas quimeras recém-chegadas.
Frutos do meu alheamento voluntário.
Alumbramento que verte mel.

Morfeu me parece humilhado,
Esperando meu cansaço e a cerração.

O rio Letes e o Espelho de Narciso
São afluentes do fosso do meu castelo.
Construído no ar,
Para muito além da Espanha.

Para onde vou,
Nem a imaginária namorada me segue.
Agora,
Fantasia de um outro alguém.

10 comentários:

Priscila Lopes disse...

No final, lembrei de um sambinha do Chico:
"Atrás de um homem triste há sempre uma mulher feliz. E atrás dessa mulher, mil homens sempre tão gentis..."

Adriana Godoy disse...

E de devaneio em devaneio, às vezes se cria um poema tão belo como esse. Gostei muito. Beijo.

Vera Pinheiro disse...

Que lindo, Audemir.

BAR DO BARDO disse...

ADOREI o seu poema, Audemir.

Segui-lo-ei à risca.

Arriscar-me-ei na sestreza.

Parabéns!

Renata de Aragão Lopes disse...

Poema-lição.
Excelente!

tania não desista disse...

oi,audemir! amei seu devanear!...
estamos em sintonia poética!
ontem, postei... sobre o livre pensar dos devaneios... no"tanianaodesista".
como estou em viagem,retirei os comentários...mas ,pode ir lá, no blog . continuarei visitando vocês poetas , sempre ,que possível.. dps.volto! bjos
taniamariza

Jorge dos Santos disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Jorge dos Santos disse...

poesia boa desse site. a ideia é maravilhosa: poema dia. A colagem do titulo é linda.

convido vocês para visitarem o blog que estou inaugurando, de poesia e arte tecnológica.

http://amaquinadaspalavras.blogspot.com/

abraços

Jorge Santos

Benny Franklin disse...

Excelente!

Kelly di Bertolli disse...

Muito bom!
beijos
k