quarta-feira, 10 de junho de 2009

AQUARELA DE VAN GOGH


AQUARELA DE VAN GOGH

Cortei as unhas
Pra não arranhar tua incompetência
Cortei os cabelos
Pra não surrar-me no teu pecado
Imolação na tua covardia
Pintei-me de vermelho
Para não amar a tua falta de vergonha
Pintei-me de amarelo
Para adoecer a tua maldade
Pintei-me de roxo
Pra odiar a tua vaidade
Cortei as mãos
Para não poetar o teu fim
Raspei os pelos
Para não eriçar tua podre carne
Estanquei a ferida maldita
Para não sangrar o teu mau caráter
Furei meus olhos
Para não chorar tua imagem
Cortei os dedos
Para não apontar teus defeitos
Cortei as orelhas
Para não escutar teu adeus
Cortei minha língua
Para não cantar a dor que me causou
Arranquei meus pés
Para não chutar tua alma
Rasguei minhas roupas
Para ficar nua frente à tua pobreza
Arranquei meu coração
Para perpetuar a tua culpa
Lavei meu corpo
Para limpar a raiva de tua soberba
Pintei-me de pálido branco
Para você morrer em paz dentro de mim
Agora... O que quero de mim?
Renascer transparente
Sem teu amor dentro de mim
Sem teu ódio dentro de mim
Sem ter que matar-me...
Tantas vezes...

Cintia Thomé

2007

Livro Olhos de Folha Minha


Imagem: pintura Cintia Thome



.

5 comentários:

Bea - Compulsão Diária disse...

Interessante ciclo. Vc puxa uma ação já no fio da outra numa costura de metáforas fortes feito as da paleta do pintor.
Leio o poema mais como tela expressionista do que aquarela. As tintas são muito fortes. Ferozes.

Vangoguiana!

Anônimo disse...

OBRIGADO BEA, ESTE POEMA FOI MUITO ELOGIADO ENTRE OUTROS DO lIVRO oLHOS DE fOLHA mINHA...DAsRAIVA...
BJUS E OBRIGADO PELOCOMENTARIO. SERIEDADE BJ CITIA THOME

Barone disse...

"Rasguei minhas roupas
Para ficar nua frente à tua pobreza"

"Pintei-me de pálido branco
Para você morrer em paz dentro de mim"

Benny Franklin disse...

Um dos poemas mais expressivos da sua casta.
Parabéns, Cintia!

Vera Pinheiro disse...

Caramba, Cintia, que forte, que intenso, que lindo... e que difícil, quando não são versos, mas a realidade o querer que alguém morra em paz dentro da gente. Parabéns, amada.