quarta-feira, 16 de março de 2016

Pas de deux


A bailarina, desiludida, apertou o corpete novo, escolheu o mais belo tutu, vestiu a meia, prendeu o cabelo num coque apertado, se maquiou, colocou a sapatilha de ponta, deu um laço em cada fita, passou a corda no pescoço e deu sua última pirueta pendurada no ventilador de teto - a pirueta mais longa de toda sua carreira. 


Isaac Ruy

2 comentários:

Felippe Macedo disse...

Bacana!**

3/3 disse...

Oi! Lindo blog! Temos um blog, o
http://3tercos.blogspot.com.br
e gostaríamos de segui-lo. Se puder nos dar uma ajuda também agradecemos!. Grande abraço!