domingo, 13 de junho de 2010

Sem título


"um passo a frente
ooooe você não está mais
oooono mesmo lugar"
ooooum passo a frente
oooooooe você não está mais

ooooooooum passo a frente
oooooooooooodois
ooooooooooooooootrês passos

ooooooooooooooo- tomados de repente
oooooooooooooose repetem e você existe

ooooooooooooooooquão difícil é existir
ooooooooooooooooquando não se está mais

oooooooooooooooomas já se percebe estar
oooooooooooooooooooooooooooooooooooooaqui?

7 comentários:

Victor Meira disse...

Ótima, marcos. Construção muito legal na diagramação, tão fundamental para a poesia em questão quanto as palavras ou os versos.

Gosto, acho ótima.

Victor Meira disse...

Aliás, quero mesmo é ver estar

lá___________e__________aqui.

Renata de Aragão Lopes disse...

Linda construção!

Não é raro
estarmos num lugar
como se existíssemos
em outro...

O poema merece um título! : )

Um abraço,
doce de lira

Flá Perez (BláBlá) disse...

gostei da imagem e do derramar.
bjbjbj

O mundo de Dani disse...

Vejo nas palavras de um Marcos que está num lugar cheio de idéias ... que num caminhar se segue, as palavras do seu pensar inusitado. preciso.necessário á posiçao de um artista ... como ele, marcos.

Cíntia Thomé, Jornalista, Poeta . disse...

inteligente e sensível, social e humano...parabens.ab

V. disse...

Excelente!