sexta-feira, 14 de agosto de 2009

Entrando pelo Cano

(Do Esgoto ao Céu!)

Carnaval de insetos
Lambuzando-se na morte
Dançando em decomposição

Cano adentro: inseticida!
A galera dá o pinote
Migram de sifão

Universo do esgoto
paralelo e imenso
Como o céu sobre nossas cabeças
Discos voadores em descenso !

E quando o humanicida bufar...
Cadê a espaçonave ?
Extermínio e Desespero!
Para qual sifão vamos migrar ??!!

-

Sugestão musical e inspiração:
The Misfits - Teenagers From Mars

7 comentários:

Adriana Godoy disse...

Isso é rock and roll. gostei muito, Tomaz, mais um pra compor seu inferno lírico. beijo.

Tomaz disse...

Pois é Adriana, é rock and roll ! Até coloquei uma de minhas inspirações após esta sua colocação... hehee
Beijão!

sidnei olívio disse...

Grande rock, Tom, gostei pra caramba!. Abraço.

BAR DO BARDO disse...

não há sílfide
não há sifão
a gente só
sifu

Felipe Marques disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
enrique disse...

e no final, o que restará? Grande gordilhas!
abrax

Enrique DxDxOx

Felipe Marques disse...

Infernal Soneto "Marciano" Lírico!!!

Além da inspiração misfitsiana, seu poema tem uma ironia machadiana(hehehe, rimou): "Para qual sifão vamos migrar?!"

Fera! Muito Fera!

Abraço!