quarta-feira, 17 de junho de 2009

.

Temos medo de nos olhar de frente.
Por isso,
falamos mal de nós mesmos,

pelas costas.

8 comentários:

Cosmunicando disse...

fabuloso isso.

Márcia disse...

muito bem dito.

sidnei olívio disse...

Gosto muito dessa concisão, Diego, quando (como disse a Márcia) é muito bem dito. Mesmo!!! Abraço.

Victor Meira disse...

Que verdade boa, Diego. Massa, mano.

Renata de Aragão Lopes disse...

Ah, eu falo mal de mim por dentro! (risos)

Muito bom o poema.
E me dei conta de que mora em minha cidade!
Será que já nos esbarramos no calçadão? (risos)

Também falei de medos em meu blog.
Vá lá me fazer uma visita!
Um abraço!

Galilei Astronomy disse...

magnifico *_*

Galilei Astronomy disse...

Ola vc não precisa add este comentario é que preciso de uma ajudinha......sou nova neste ramo de blog e achei o seu blog magnifico se vc puder entra no meu blog e me seguir será uma honra...
Obrigado e desculpe o incomodo.

Bea - Compulsão Diária disse...

Quem fala mal de si mesmo pelas costas?
Dá poesia mas, sei lá. Achei esquisito.
se negamos nossas falhas , nem de costas elas nos aprecem pra falarmos delas.