domingo, 19 de abril de 2009

Poeminha sonâmbulo

Foto: Kula Vlastimil

Tenho duas vidas:
uma é a solidão;
a outra, esquecimento!

9 comentários:

Victor Meira disse...

Então é por isso que você não lembra das outras 437 vidas que você tem.

Tenório disse...

belo, me fez lembrar leminski!

Adriana Godoy disse...

Bom demais.

Renata de Aragão Lopes disse...

Falar de solidão é sempre bom...

l. rafael nolli disse...

Muito bom, Flávio!

Joe_Brazuca disse...

tenho duas palavras (pra voce) : Genial e Perfeito

abraço

Vera Pinheiro disse...

Tocante. Muito bom. Um abraço!

Felipe da Costa Marques disse...

Adorei, mas quero reescrever o poema...

Tenho três vidas:
uma é aprendizado,
segunda, desencanto,
e a útima, só gozar...

abração

Van disse...

Lindíssimo!!!!!!