domingo, 22 de março de 2009

Protocolo

Arte: Gilian Gomes

A gente nasce para amar
Ama para reproduzir
Reproduz para viver
E vive para seguir o protocolo.
Lúcia Gorini

8 comentários:

meus instantes e momentos disse...

Belissimos posts. Muito bom tudo aqui. Muito bom.
Maurizio

Hercília Fernandes disse...

Lucia,

delícia o seu poema!
Gosto desse tom de humor a desmascarar “protocolos”.

Abraços,

H.F.

BAR DO BARDO disse...

palavra-puxa-palavra

até o carimbo

Adriana disse...

Gostei, um poema curto, com um tom bem-humorado.

Vera Pinheiro disse...

E não é? Um poema que faz pensar. Submeter-se ou revirar tudo isso?

Tenório disse...

Muito bom colega! Curto mas extremamente criativo! Mostra que tamanho não é documento. Parabéns!

Tenório

Helena disse...

E vive para seguir o protocolo - é isto aí. Poucas palavras e disse tudo

Helena

Compulsão Diária disse...

Muito bem pensado e escrito.
E a gente vive pra seguir o protocolo até que um dia o partimos. Partimos