sábado, 21 de março de 2009

LUA CHEIA

Lua
Flutua
Lua é Lua
Onde estiver
Da Terra
Lua cheia é Lua
Mas do Brasil
Lua cheia
Mais que Lua
Luar de gente
Cheia de amor
Vista da janela
Lua cheia magnifica
Mais que Lua
Motivo
Encontro,escrita
Pessoas que nunca se viram
Mas do Brasil
Lua Cheia
Mais que Lua
Cheia de Luar

3 comentários:

Ademerson Novais disse...

Versos costumo dizer que são como linhas de um barbante sem fim, que vai se desenrolando, mostrando sua firmeza, um emaranhado que vai surgindo, vai nos enrolando e consigo nos perdemos, nos encontramos, nos vemos e vemos o que não podemos ver...versos são nuas palavras, como um bebe que acaba de vir ao mundo, que chora e logo se cala...


versos lindo os seus, parabens pelas palavras e pela fonte que tu és....


Ademerson Novais de Andrade

Deolinda disse...

Ai Catita, abalando na poesia...adorei!

Compulsão Diária disse...

Bonita, Cátia
Não há , oh gente ou não...luar como este do sertão.

A lua é o espelho da mãe terra