terça-feira, 27 de janeiro de 2009

Sobreviventes

Dance, Henri Matisse


Perguntas sobre um abismo:
Eis-me.
Perguntas sobre lei.
Nada sei.
Finjo.
Desvio.
Confissão.
Padre, missa.
batismo, lua, concepção...
Perguntas sobre o horizonte:
Fonte.
E um doce saboroso surge dentre as louças da prateleira.
Um vinho do Porto.
Mares.
Naufrágios.
Resto-me inteira.
A boiar sobre cada questão.
A enfrentá-las despida da fera que me habita.
E se não me perguntas nada, nada sou.
Passo a habitar o labirinto dos mistérios que me transbordam.
Calo-me, catatônica.
E me apresento em paisagens camponesas.
E, talvez, em destrezas de miragens.
E se perguntas demais, me sobro aflita.
Eu não sou inventada, nem rasa.
Sou mulher, profana e insana.
Tantas vezes distante.
Noutras te enlaço.
Como se aquele passado fosse tão somente o passo.
De um baile absurdo que desfila entre nossas sementes.
Entre o desejo insano que crava os dentes.
E que grita aleluia, por sermos amantes...
Sobreviventes!


Brumado, 20 de Abril de 2007

Alyne Costa

10 comentários:

Joe_Brazuca disse...

Aleluia, então !...
Cinematográfico !...pra lá de...
beijo

compulsão diária disse...

Amantes são sobrevivente? Depende da guerra, do encontro.
Bom poema

Tenório disse...

Lindo poema. Cheio de imagens, um pouco melancólico, não por ser triste, mas por fazer a gente ficar em silêncio.

Adriana disse...

Bonito, muito bonito. Dá pra pensar.

JR disse...

Uau! Perdi o fôlego... lindo, lindo!

JR disse...

Uau! Perdi o fôlego... lindo, lindo!

fernando disse...

tem cheiro de sol
dissolve-nos

bate uma vontade danada
de ver
tudo pelo avesso...

adorei!!!

Tomaz disse...

" Sou mulher, profana e insana.
Tantas vezes distante.
Noutras te enlaço. "

Casa comigo ?
auhuhauhaahuuaha

belo poema !

A Flor do Sul disse...

Quando há perguntas para fazer,
Mesmo sem respostas,
Elas indicam algo grande a perseguir...
Mesmo sem guia ou direção.
Mesmo sem pés que sabem onde vão.
Mesmo sem fincar depois de partir
Raízes firmes em outro chão.

Flávio Otávio Ferreira disse...

Sobreviventes de uma nau!!!

Belo belo belo!!!