terça-feira, 10 de julho de 2012

FOGUEIRA DE INVERNO



no conforto dos braços da 'musamada'
arrepio cabelos e meus sóis
risco, rabisco e trisco
faço barulho e silêncio
teço teias, reinvento
olho além das horas e dos horizontes
sou pequeno e vou gigante
bebo água sem lamento...

no conforto dos braços da 'musamada'
dou nó em pingo d'água
lavo a alma, em cada momento
dou de mim sem dó e doido
sou o sim do som da sina
viro mel no rumo da abelha
me lambuzo de esperança
tenho fome, sede e dor
vou aonde o riso for
trilho trilhas, dou bobeira
viro o fogo da fogueira, a caminha, a madeira...

[cleber camargo rodrigues] 

Um comentário:

Leila dos Reis disse...

Como seguir-te meu anjo.
O link "SEGUIDORES",
não apareceu.
Obrigada por estar aqui.

pegue o selinho pra seu blog>
http://4.bp.blogspot.com/-eCmlYNJ0qg8/T_EEh3iFDXI/AAAAAAAABVM/rPlmv6qUAiM/s300/Amigos%2BVirtuais.png
Cheiros
Eu Leilinha