quinta-feira, 5 de janeiro de 2012

MOVIMENTOS DE MIM

Fotografia by Lee Jeffries

"Poesia é apenas a evidência de vida.
Se sua vida está queimando bem, a poesia é apenas a cinza."
[Leonard Cohen]


I
Hoje
que me como por todos os retropassos
estou sordidamente ambulante.

Hoje
que sou livre por engano
faço-me falta e meu recôndito segredo
perdeu-se no oceano.

Hoje
que alcei o cigarro e acendi a cruz
debandei minha solidão diatópica
e minha gordura redundante
mais doidivana.

II
Hoje
que voei aos meus cometas atemporais
e temporais
permaneci utópico, seco;
mirei nos meus orvalhos extravagantes
e fui algemado;
cozi os meus estômagos dourados
e fiquei faminto, cru.

III
Hoje
que me sorvo por todos os cachos
estou crucifixadamente nativivente.

Hoje
que quero ir ter comigo
não me vou esquartejar,
sou quem eu não tinha.

Hoje
que quero ir ao nirvana
observar movimentos de mim,
não me quero mais
como miséria da poesia.

[Benny Franklin]


* Mídias Sociais

* Blogs Poéticos

2 comentários:

Lai disse...

Benny
Parabéns! É de fato um belíssimo poema…

Adriana Godoy disse...

Bonito, Benny. Beijo