sexta-feira, 16 de dezembro de 2011

Versos Pluviais



Das nuvens de meus pensamentos
letras
pingam
em
gotas,
palavras fluem em enxurradas.
Idéiasrelâmpagos.
Gritos. Trovões.

Dilúvio de rimas de risos de medos de cheiros de choros de imagens de gostos de gestos de sonhos de sons...
Dilúvio de vida.

Garoa fina... calmaria...

Chovo, em forma de poema.

Isaac Ruy


Imagem de Valdinei Calvento

Um comentário:

Lai disse...

belíssimo! ainda úmido…