terça-feira, 1 de fevereiro de 2011

Podes levar meus olhos iluminados de lágrimas.
Transporta, por favor, o amor aos rios e aos búzios, à solidão,
à sede construída.
Dá um beijo a minha mãe.
Diz-lhe que estou mais perto da luz, da noite,
mais perto de uma flor com o coração
em sangue,
sobre os flancos chorando.


Podes levar meus olhos iluminados de lágrimas,
eu atingi a dor dos poentes.


mariagomes
janeiro/2011

8 comentários: