quinta-feira, 29 de abril de 2010

Acerca do Amor

Do amor só digo isto:

o sol adormece ao crepúsculo
no oferecido colo do poente
e nada é tão belo e íntimo,


0 resto é business dos amantes.
Dizê-lo seria fragmentar a lua inteira.




Filinto Elísio
(Cabo Verde, 1734-1819)



4 comentários:

Liliana Lucki disse...

Bello !!!

Saluda Liliana desde Argentina.

Renata de Aragão Lopes disse...

Maravilhoso!

Cíntia Thomé, Jornalista, Poeta . disse...

Fragmentar a Lua...ímpar de postado!

Marcel disse...
Este comentário foi removido pelo autor.