quarta-feira, 14 de outubro de 2009

Double Shot !

Bacanal das Almas

A boca dela era linda demais
para trocar saliva com o moribundo
que bebe o suco do inferno
cortejando as entranhas de satanás !

Mas na noite, existiu uma boca suja
que amava o pecado imundo
Sodomia, linda injúria
com orgasmos falsos de lambuja

Sussurros espasmódicos
deturpando gemidos sórdidos
Orgia intravenal !

Ofegante e triste afago
transforma promiscuidade em ócio
fazendo da alma um Bacanal !


"- Câmbio, câmbio... A Dança é do Inferno "

O inferno tem gosto de erro
Fui, e voltei com muita bagagem
Uma toalha nova que não enxuga
e um kit vencido de maquiagem

Ocultando as olheiras
em atos sociais imutáveis
baseados em falsidade e lei
Hipocrisia ovulando intocáveis

Imunes ao julgamento
cagando no senso comum
manipulando o sistema, na caruda

Enquanto atraso a conta de luz
o empreiteiro superfatura a obra
na miúda
reajustando o famigerado IPTU !

É a lógica do sistema
as notas migram de endereço
e alguém toma gostoso no cu !

8 comentários:

blognotapreta disse...

É isso aí...

Só que esse negócio de tomar no... aí não é gostoso não Bixo!

No mais ótimos versos!

Um abraço!

Tomaz disse...

Pois é blognotapreta
gostoso não deve ser mesmo não ehhehehe
mas a intenção é a ironia mesmo.

Valeu!

Felipe da Costa Marques disse...

"crônico", "social roots" & "famigerado"

Boa! Poetão! Aquele Abraço!

Ton disse...

Pelos primeiros versos até pensei que fosse coisa do Nolli, balas perdidas atingindo os mais sensíveis. Há o dia da flecha e o da metralhadora, granadas.

Ton

Tião Martins disse...

Grande tomada do Tomaz. Ahahahah

Belo poema rapaz!

sidnei olívio disse...

Grande ironia social. Gostei Tomaz. Abraço.

BAR DO BARDO disse...

grande tomaz

a lira metralha!!!

Adriana Godoy disse...

Ei, Tomaz, bom ler os seu poema. Estava com saudades. Beijo.