quinta-feira, 25 de junho de 2009

over heat



a juventude pode tudo
andrógeno, skin head, cabeludo
sonhos mixados
potenciômetros desalinhados
auto-falantes saturados
groove
punk
heavy
menina bolinando menina em qualquer esquina
menino bolinando menino em qualquer destino
over dose, over pose, over close, over heat
punch
lunch
brunch
guitar over flow


cross over
-------------------------------------------
hoje esperei pacientemente
alguns velhinhos subirem as escadas
à minha frente

Amanhã, subirei eu...
(será que vão me esperar ?...)



©joe_brazuca-MMIX-sp/sp/br

11 comentários:

Renata de Aragão Lopes disse...

Duvido, Joe!
Infelizmente.
A juventude, hoje, pode tudo.
Sobretudo, ignorar os mais velhos.

Como se eles
- meninos e meninas -
não fossem chegar
a essa idade um dia...

Gostei do tema de que tratou!
É algo que me revolta diariamente.
E que, dentro do meu lar,
eu procuro reverter
da forma como posso:
educando meu filho
para ser GENTE.

Grande abraço!

L. Rafael Nolli disse...

Um belo jogo de palavras, brincando com dois idiomas distintos. Achei bacana e bem elaborado. Bom demais, Joe!

BAR DO BARDO disse...

gostei desse mix em que cabe até rebolation...

abç.

Ton disse...

Fala Joe!

Por vezes, só enxergamos até onde a vista alcança. A vagareza da idade grande é tão longe, que não faz nem parte da paisagem. Fomos assim (os aspectos libidinosos de então eram mais conservadores - para o bem e para o mal). Na medida em que se nota o outro, ocorre a compaixão. Se vive mais rápido o hoje e temos menos pressa pelo amanhã. Estamos meio que pelo meio, longe dos dois extremos, mas mais perto de um que do outro. Abraço. TON

Benny Franklin disse...

Grande, Joe!
Grande obra!
AB9S;

rogerio santos disse...

Espetacular teu texto e reflexão Joe.

Realmente não dá pra saber o que se dará numa sociedade tão bombardeada de coisas que ofuscam o essencial.

Feliz de quem não cega.

Joe_Brazuca disse...

queridas e queridos Poetas !

valeu a visita e opiniões legalíssimas...é por ai mesmo !

abraços a todos e até a próxima

Joe Brazuca

Adriana Godoy disse...

Ei, Joe. Muito pertinente, triste, realista, mas de qualidade inegável.Bateu forte. Beijo.

Anônimo disse...

oi,joe!gostei demais! mas ,confesso,serei sempre otimista!
acredito que cada tempo é um momento... não gosto muito de generalizar...mudanças acontecem...
haverá ,sim , quem nos dará a mão... o braço...o lugar para sentar! você não fez isso? então !
taí! sempre, haverá solidários de boas causas.
bjo
taniamariza

tania não desista disse...

joe saiu errado! ...não sou anonima rs,rs,rs
taniamariza

Bea - Compulsão Diária disse...

Hey, Joe!

Over joy