sábado, 13 de junho de 2009

Despedida




Agradeço a todas as críticas recebidas em todo o tempo que permaneci neste espaço. Estou me afastando um pouco do mundo dos blogs, mas deixo meus votos e minhas forças por perenidade. Um grande abraço a todos e arte, sobretudo, que andamos em tempos desesperadamente sedentos por ela.

5 comentários:

Adriana disse...

pq vc vai se afastar? adori tu poema...

Joe_Brazuca disse...

Então vá, e não esqueça de levar seu chapéu...E principalmente: traga-o de volta brevemente, ok ?...rs
Abraço, Poeta e...retorne breve !como bem disse, o mundo tá precisando de arte "de prima" assim como a sua !

sidnei olívio disse...

Vai em paz, Guto. Belo poema de despedida. Aguardaremos outro belo poema de retorno. Abraço e prazer dividir esse espaço contigo.

Olhos de Folha Minha disse...

Guto, poema dos chapeus que voam, bumerenges já longinquos...excelente

volte

Adriana Godoy disse...

É assim mesmo, há hora em que se precisa ir. Vão fazer falta os seus poemas. Volte, quando estiver com vontade ou com saudade. beijo.