quinta-feira, 6 de novembro de 2014

Homem banda

Um clarão nas trevas
O artista de rua

Louco inocente
Inocente louco
A escolha é sua

A batalha pela grana honesta

Merece um teatro lotado
Por tornar o dia suportável aos passantes

Parece uma formação de coral no mar morto
Um oásis, onde bebe a estúpida
Insossa cáfila

2 comentários:

Ricardo Mainieri disse...

Um poema manifesto em honra aos anônimos artistas de rua. Que mereceriam flashes e palco, não fosse a mídia que seleciona seus produtos de qualidade duvidosa para nos mostrar.

Abs.

Ricardo Mainieri

Igor Herbert disse...

As Melhores Frases e Pensamentos no Filosofei > http://comunifrases.comunidades.net