terça-feira, 6 de novembro de 2012

Prefácio

Vou guardar-te como um marcador de páginas
Dentro de um livro de aventuras

Uma folha de laranjeira de próprias vontades
Com perfume da mata em si

Que, se quiser, viaje pra fora da terra
Pra longe da solidão dos capítulos sem sal

Quem sabe, antes do epílogo
Tu te apaixones por algum personagem
Que tenha algo de mim

Nenhum comentário: