domingo, 6 de maio de 2012

Tear com arTe

Povoa-se um deserto com música
Basta uma nota que valha

Dela e do silêncio nascem crias
Amor(com todas as suas tramas), amizade e beleza da arte

De certo, terá mais(não muito) a vida
Como prosseguir sem esse tear?

4 comentários:

olara, um castelo de sonhos disse...

João,acho que os poetas so conseguem prosseguir a vida tecendo cada letrinha do amor e suas variavéis, da amizade e da arte com fios desenrolados do coração. Sendo o coração um novelo da alma.Beijos no coração!

João Luis Calliari Poesias disse...

Olara, grato pela leitura e comentário.

wilma disse...

Tua sensibilidade ao escrever me encanta. Bj

João Luis Calliari Poesias disse...

Wilma, obrigado pela leitura e comentário.Bj.