segunda-feira, 6 de fevereiro de 2012

Curriculum Vitae

Fui pó, pedra e vidraça
Perdi e ganhei, quando amei
Fui o prazer, no cigarro e na cachaça

Grão, moinho, flor, depois espinho
Fui a praga no caminho

Aprendiz de pescador
Ardiloso, juiz e réu, já fui o batom da meretriz

Tapete voador, engenheiro, emigrante, níquel do aço
No armazém, fui vendedor

Agora, na minha idade, quero carona na próxima nuvem
Rumo à uma nova tempestade

4 comentários:

Sereia Noturna disse...

Parabéns pela obra. Maravilhoso poema!

João Luis Calliari Poesias disse...

Sereia Noturna, obrigado pela sua apreciação.

Ana Ribeiro disse...

Também adoro tempestades. Admirável currículo!
Um abraço.

João Luis Calliari Poesias disse...

Ana, obrigado pela leitura, pelo comentário e pelo abraço(o qual retribuo).