quarta-feira, 4 de fevereiro de 2009

Recall

minha poesia tem problema
tem vez que derrapa na rima
tem vez que foge do tema

minha poesia tem problema
tem vez que perde o ritmo
tem vez que até empena

minha poesia tem problema

medo de polícia
pânico de assalto
mania de multa
pressa de acabar

mas se a poesia tem problema

já o poeta é perfeito
dirige sempre direito
só não sabe
onde quer chegar.

13 comentários:

compulsão diária disse...

Tião, delícia de poema. Beleza de ritmo e graça na linguagem. Só tem um problema, se é que tem: não ter sido musicado. Tá prontinho pro músico colocar a melodia que este poema pede.
Gostei muito!

rogerio santos disse...

Grande Tião, craque do rodosentimento !
Seja benvindo poeta !
Abraços
Rogerio Santos

Tiago Tenório Cavalcanti disse...

Concordo com a compulsão diária: poucas vezes encontrei alguém que escreva com uma simplicidade de letra de música, mas com um brilhantismo buarquiano! você é craque, seu Tião! E tem mais: somos conterrâneos! Viva Niterói!

Tenório disse...

Concordo com a compulsão diária: poucas vezes encontrei alguém que escreva com uma simplicidade de letra de música, mas com um brilhantismo buarquiano! você é craque, seu Tião! E tem mais: somos conterrâneos! Viva Niterói!

Cafundó disse...

Agradável, leve, sutil. Parabéns, Tião!

l. rafael nolli disse...

Bem construído!

Benny Franklin disse...

Seu poema tem ânsia de se espalhar!

Alice Salles disse...

Poeta direito não chega a nenhum lugar!

Tião Martins disse...

E quem não tem um rumo certo nunca perde o caminho... rs.

Essa foi minha primeira postagem. Quero apenas cumprimentar a todos os companheiros dessa viagem. Agradecer à Valeria Tarelho pela indicação, ao Vitor pelo convite.

Ao pessoal dos comentários acima, um abraço carinhoso (Rogério, estou torcendo pra sua Lusa voltar...).

Prometo não continuar sabendo onde ir, mas sempre vou passar por aqui.

Julia Lordello disse...

Lindo projeto. Lindo poema.
Eu sempre vou passar por aqui também...para ler.
Um grande abraço!

mariagomes disse...

...e há poesia sem problema?
...e poeta seguro?

Este blogue alberga um leque de sensibilidades incríveis!

Vera Pinheiro disse...

Tião, com um pouquinho de atraso, mas com entusiasmo, meus parabéns!!! Lindo poema!!!

Barone disse...

Bem vindo Tião!